sábado, 1 de setembro de 2012

Mitos, curiosidades, fatos e farsas (10)

Ao longo da história as sociedades passaram inúmeros mitos e curiosidades que foram – e ainda são – encarados como fatos. No entanto, não passam de folclores que escondem farsas incríveis e bastante inventivas. Vamos, então, descobrir um pouco delas? Voilà!

Fecho-ecler...
A palavra veio do francês “fermeture éclair”, o mesmo que “fecho relâmpago”, uma vez que abre e fecha rapidamente, ao contrário dos botões e colchetes trabalhosos. Surgiu pela primeira vez em 1893, sendo usado em sapatos. Em português também pode ser conhecido como “zíper”, que teve origem no inglês “zipper”, que era o nome da marca de umas botas que usavam esse fecho instantâneo. Já o nome da galocha veio de um trabalho onomatopaico: “zipper” era o barulho que o fecho-ecler fazia quando manuseado.


A verdadeira origem da palavra “forró”...
Muitas pessoas dizem que o nosso forró nascera de uma corruptela inglesa de “for all”, um baile popular, democrático, que todos poderiam entrar que seriam tratados igualmente. Entretanto, essa não é a história real da etimologia do forró. A palavra francesa “faux-bourdon”, um canto religioso, entrou para o português com a versão “forbodão”, que chegou ao Brasil como “forrobodó”. Daí, passou a dar nome a toda espécie de baile barulhento – totalmente diferente do termo original, em francês. Assim, nosso forró nasceu da diminuição do forrobodó.

De onde veio Fulano?
Para quem não sabe, o árabe é a segunda língua que mais influenciou vocábulos no português e no espanhol, perdendo somente para o latim. Isso é herança dos oito séculos de ocupação moura da Península Ibérica. Desta maneira, os portugueses e espanhóis agregaram muito desta cultura até então estranha para os cristãos. Assim, “fulano” vem do árabe “fulan”, “alguém”. “Beltrano” surgiu para rimar com fulano e teve origem no espanhol “Beltrán”. Já sicrano não se sabe a verdadeira origem.

Qual a origem da palavra futebol? Por que existe diferença entre football e soccer nos Estados Unidos?
Esta é muito fácil: “futebol” veio do inglês “foot” e “ball”, ou literalmente “bola no pé”. Assim também temos “basquete”, que seria “bola no cesto”. Já “soccer” veio de “association”, pois nos Estados Unidos as pessoas que jogavam tal esporte eram “associadas” a um clube. Por mais estranho que pareça, o futebol americano é jogado com as mãos.


Os garis de rua têm algo a ver com um francês ilustre?
Por volta de 1870, a cidade do Rio enfrentava um sério problema de remoção de lixo. Com isso, Dom Pedro II contratou o francês Alexis Gary para cuidar da logística de limpeza da cidade em um contrato que iria até 1891. Em 1885, Gary construiu o primeiro aterro sanitário da então capital nacional e contratou um grupo grande de homens uniformizados e responsáveis pela varrição e conservação de ruas e praças do Rio. Esses homens começaram a ser chamados de “turma do Gary”, que com o tempo ficaram conhecidos como garis.

Qual a origem da palavra “gringo”?
Em toda a América Latina, um gringo é um estrangeiro fazendo turismo por algum destes países. Geralmente, a palavra é usada para referir-se aos norte-americanos. “Gringo” teve origem em “griego”, que é “grego” em espanhol. Refere-se a uma pessoa que fala um idioma incompreensível. Há uma outra versão, não verdadeira, alegando que teria origem em “Green, go!”, “Vá embora, verde”, em referência à cor dos uniformes americanos, quando estes ocupavam a ilha de Cuba até a revolução de Fidel Castro.